Sete detidos por burlar o Estado em 7,5 milhões

O esquema de faturação falsa prolongou-se por 6 anos e funcionava através de empresas fantasma.

Sobre "Jornal da Uma"