Setor da saúde foi o mais afetado pela greve da Função Pública

Também algumas escolas, Finanças e serviços da Segurança Social estiveram fechados. A Frente Comum exige a reposição imediata das 35 horas semanais, mas o Governo não cede e só aplica a medida a partir de 1 de julho