70 crianças com necessidades educativas especiais não têm transporte escolar

Alexandre e Solange são duas das 70 crianças com necessidades educativas especiais do agrupamento de escolas Eugénio Andrade, no Porto, que não têm transporte escolar especializado.

Alexandre está em casa sem acompanhamento especializado. Para os pais de Solange, os esforços estão a tornar-se insustentáveis: "tenho muita pena de sacrificar a minha filha".

Sobre "Jornal da Uma"