“A prescrição é uma coisa que não deve existir”

Eurico Reis, juiz desembargador, admitiu estar “triste e envergonhado” com todo o processo. Explicou que o facto de existir uma prescrição dos crimes, não implica necessariamente que o processo fique parado. Defende que a prescrição é uma situação que não deve acontecer, mas quando acontece significa que “algo correu mal” e deve ser investigada

Sobre "Alexandra Borges"