"A VianaPolis dá-nos menos de metade do que as casas valem"

Agostinho Correia, um dos moradores que recusa entregar as chaves do seu apartamento no edifício Jardim, mais conhecido por prédio Coutinho, em Viana do Castelo, diz que sem eletricidade e água não vai ser mais possível viver na sua casa. Outro proprietário, que já tinha saído, mas que também recusa entregar as chaves, compara o cenário atual a um campo de concentração.