As declarações do comandante da GNR de Cantanhede, Celso Marques