O agente da PSP que espancou dois adeptos do Benfica em frente a crianças deverá ser expulso da polícia. A pena foi agravada a três anos e meio de prisão com pena suspensa o que abre portas à expulsão da função pública.