Ajustamento de horário dos trabalhadores do São Carlos não tem fundamento legal, diz ministra

A ministra da Cultura reafirma que o ajustamento de horário dos trabalhadores do Teatro de São Carlos de 40 para 35 horas semanais, em setembro de 2017, não tem fundamento legal. A ministra diz ainda que essa decisão foi tomada e colocada em prática e só foi comunicada ao Governo cerca de um ano e meio depois.