Ameaça de greve que pode levar à rutura de stocks nos supermercados

A Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição, que representa os grandes supermercados, garante que não faltarão bens essenciais nos supermercados.

Mas os sindicatos de motoristas e transportadoras consideram o contrário. Acusam os grandes armazéns de obrigarem os motoristas a fazer uma função que não lhes compete.

E, por isso, em cima de mesa está uma greve de zelo, que, alerta a ANTRAM, pode levar à rutura de stocks.

Sobre "Jornal das 8"