Amostra de saliva foi recolhida na cama onde Maddie dormiu no Algarve

Uma amostra de saliva encontrada na cama onde Madeleine McCann dormiu, enquanto esteve férias com a família no Algarve, poderá provar a ligação ao novo suspeito, Christian Brueckner.

De acordo com o jornal britânico The Sun, a polícia espera que os avanços da tecnologia de análise de ADN comprovem o envolvimento do alemão no desaparecimento de Maddie.

Atualmente, o material genético encontra-se guardado no Instituto de Medicina Legal de Coimbra.

Sobre "Jornal das 8"