De visita à Nova Zelândia, secretário-geral da ONU insistiu nos alertas para o aquecimento global e alterações climáticas e propõe que os impostos passem a taxar a poluição em vez dos salários.