Aparente normalidade nas prisões mas há novo aviso de greve

Guardas prisionais decidiram ao final da tarde prolongar a paralisação até às portas do Natal