"As pessoas do SEF que estavam no aeroporto podiam ter evitado a morte do cidadão ucraniano"

Pavlo Sadokha, presidente da associação de ucranianos em Portugal, analisou, este sábado, na TVI24, o caso dos três inspetores do SEF suspeitos de matar um cidadão ucraniano. 

Sobre "Notícias"