Azeredo Lopes enviou mensagens a dizer que sabia do encobrimento de Tancos

O ex-ministro da Defesa, Azeredo Lopes, terá confessado saber da investigação da Polícia Judiciária Militar no caso das armas de Tancos.

Segundo o jornal Observador, a confissão aconteceu numa troca de mensagens com o deputado socialista Tiago Barbosa Ribeiro.

Azeredo Lopes terá ainda dito que, no parlamento, planeava omitir que sabia de tudo. "Não poderei dizer o que te estou a contar", terá escrito.

Sobre "25ª Hora"