"Basta de falta de médicos nas equipas", diz Roque da Cunha

Nove dos 16 chefes de equipa das urgências do Hospital de Braga demitiu-se em bloco esta segunda-feira.

Em declarações à TVI24, Jorge Roque da Cunha, do Sindicato Independente dos Médicos, disse "basta" ao aumento de prestadores de serviço e explicou que estas equipas de urgências já ultrapassaram as 400 e 500 horas extraordinárias. 

Sobre "Notícias 24"