Bastonário da Ordem dos Advogados critica o caso de vigilância policial a jornalistas

O Bastonário da Ordem dos Advogados mostra-se preocupado com o caso da magistrada do Ministério Público que ordenou a PSP a espiar dois jornalistas, falando mesmo num caso de restrição à liberdade de imprensa.

Também os candidatos presidenciais foram unânimes nas críticas a este caso. 
Entretanto, a Entidade Reguladora para a Comunicação diz que a ordem dada pelo Ministério Público para vigiar jornalistas é grave.

Sobre "Jornal das 8"