Burlão das notas de 50 condenado a 12 anos de prisão

Valdemar Castro foi condenado em 12 penas diferentes, mas justificou as suas burlas com a necessidade de dinheiro para comprar droga. Este homem utilizou, durante anos, o mesmo esquema para trocar notas de 50 euros.

Sobre "Jornal da Uma"