Cabeleireira comprou um carro com dinheiro que burlava a idosa de 91 anos

A suspeita aproveitava-se da fragilidade da vítima e fez com que esta lhe desse autorização para movimentar a sua conta bancária, alegando a intenção de a ajudar.

Sobre "Jornal da Uma"