Caloiros da Universidade Católica de Lisboa deram um novo significado à praxe. 150 jovens deslocaram-se à Golegã para apanhar batatas que não iam ser aproveitadas e acabariam no lixo. Assim, as mais de quatro toneladas de batatas vão ser afinal doadas aos bancos alimentares. (Reportagem Andreia Jorge Luís; Imagem Fernando Almeida; Edição de Imagem Pedro Guedes)