Sete motoristas só fizeram a primeira descarga e ao verificarem a normalidade  no local, voltaram para Aveiras e juntaram-se ao protesto