Alegados agressores, de 42 e 38 anos, mantinham os homens trancados numa casa devoluta e ficavam com todo o dinheiro das vítimas.