Caso BES: Ricardo Salgado garante que não cometeu qualquer crime

A acusação do Ministério Público sobre a queda do Grupo Espírito Santo foi conhecida na terça-feira e aponta 25 arguidos, entre empresas e pessoas individuais, estando à cabeça, Ricardo Salgado.

O ex- presidente do bes é acusado de sessenta e cinco crimes:

Um de associação criminosa.... 12 de corrupção ativa... 29 de burla qualificada... T 5036 9 de branqueamento de capitais... E de outros crimes como falsificação, infidelidade e manipulação de mercado.

Numa primeira reação, Ricardo Salgado garante que não só não cometeu qualquer crime, como a acusação falsifica a história do Banco Espírito Santo.

Sobre "Jornal das 8"