Caso do procurador: exclusão do candidato Rodrigues da Cunha gera nova polémica

O juiz desembargador excluído do concurso para procurador europeu processou o Estado e pretende anular todo o processo.

Em declarações à TVI, José António Rodrigues da Cunha diz mesmo que o Ministério da Justiça o apresentou como um simples juiz de direito quando na verdade é juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto, desde 2017.

Sobre "Jornal das 8"