Caso EDP: Artur Trindade constituído arguido por corrupção passiva

À saída da audição com o juiz Carlos Alexandre, no âmbito do processo das rendas excessivas da EDP, o ex-secretário de estado da energia recusou fazer qualquer comentário-

Artur Trindade foi constituído arguido por corrupção passiva.

Sobre "Notícias"