Caso Marquês: defesa de Santos Silva foi convidada a fazer acordo com o Ministério Público

A defesa de Carlos Santos Silva afirmou ter sido convidada pelo Ministério Público a fazer um acordo que classificou como "manhoso", para dizer que o dinheiro das contas na Suíça pertencia a José Sócrates.

O arguido não aceitou colaborar. 

Sobre "Notícias"