Proteção Civil fez novo balanço da situação e espera poder aproveitar a janela temporal, com condições meteorológicas mais favoráveis, para poder debelar as chamas