“Com aquilo que aconteceu ao meu pai, eu ouvi que o hospital podia perder a distinção”

Pedro Batista, filho de José João Baptista, que entrou pelo próprio pé no Hospital de Cascais, mas saiu numa cadeira de rodas, devido a uma falha inexplicável, foi um dos convidados do debate do programa Ana Leal, na TVI24. Pedro afirma que nunca viu nenhum enfermeiro, nem nenhum médico, com tablets e questiona como é que tendo essa tecnologia disponível, o hospital consegue fazer uma transfusão que não era necessária e, ainda para mais, com um tipo de sangue não compatível

Sobre "Ana Leal"