Comerciantes falam em quebra do negócio devido às temperaturas amenas

Em Portugal, o tempo está estranhamente ameno e com menos gente nas praias do que é habitual. Os comerciantes queixam-se de quebras no negócio na ordem dos 50% em relação ao ano passado