Conheça a história dos dois jovens afegãos que fugiram à guerra e rumaram a Portugal

Têm entre 15 e 17 anos e fugiram sozinhos da perseguição de que foram vítimas nos países onde nasceram. Levaram meses, nalguns casos mais de um ano, até chegarem à Grécia, porta de entrada na Europa.

Portugal acolheu em julho alguns destes jovens, menores não acompanhados. Em Lisboa, numa casa da Cruz Vermelha, começam uma vida nova.

A TVI falou com dois afegãos: um quer ser futebolista, outro sonha tornar-se engenheiro ou médico.

Sobre "Jornal das 8"