Costa diz que moção vai ser chumbada de forma clara

À saída do plenário, o primeiro-ministro recusou a necessidade de pedir uma moção de confiança porque o executivo tem uma maioria inéquivoca