Covid-19: médicos em risco de burnout. Fazem horas extra e não têm férias ou folgas

Estudo aponta que a situação não é novidade, mas que se agravou com a pandemia de Covid-19. Os sindicatos dos profissionais de saúde e as respetivas ordens pedem mais contratações para fazer face a uma eventual segunda vaga do novo coronavírus.

Sobre "Jornal da Uma"