Covid-19: vacinação indevida atinge altos cargos nos Açores

Nos Açores, vários membros da direção da Santa Casa da Misericórdia de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, terão sido indevidamente vacinados contra a covid-19. A TVI teve acesso a documentos que indicam que, depois de terem sido  inoculadas, estas pessoas esconderam o facto, retirando o nome das listas finais que registaram quem tinha tomado a vacina.
Entre os alegados infratores está o provedor António Bento Barcelos e a recém nomeada diretora regional para a Igualdade.

Sobre "Jornal da Uma"