Cyberbullying: "Temos uma cultura em Portugal de pouca frontalidade"

O psiquiatra José Gameiro analisou o cyberbullying, explicando que, no seu entender, as crianças e os jovens são os grandes prejudicados. Falando de casos concretos, referiu que já aconselhou "cortar" com as redes sociais a alguns dos seus pacientes.

Sobre "Notícias"