“Decisão sobre estrutura do Ministério Público condiciona combate à corrupção"

Os magistrados do Ministério Público (MP) cumprem esta segunda-feira o primeiro de três dias de greve contra a revisão do estatuto do MP, que está a ser debatido na Assembleia da República. O sindicato dos magistrados avança que a adesão à greve está entre os 85 e os 90% com centenas de julgamentos adiados um pouco por todo o país. Em causa está uma eventual alteração na composição do Conselho Superior do Ministério Público que poderá reduzir o número de magistrados e aumentar os elementos indicados pelo poder político. De acordo com António Ventinhas, presidente do sindicato dos magistrados do MP, “a proposta de base parte do PSD” e “o PS tem sido equívoco” em relação ao tema.