Derrocada em Borba: presidente da Câmara acusado de cinco crimes de homicídio

Além de António Anselmo, presidente da Câmara de Borba, também o vereador Joaquim Espanhol vai estar sentado no banco dos réus. A empresa ALA Almeida limitada e um dos seus engenheiros são outros dos arguidos.

Recorde-se que a derrocada numa pedreira junto à estrada municipal 255, que liga Borba a Vila Viçosa, provocou cinco mortos.

Sobre "Notícias"