Derrocada na Madeira: feridos graves são um português e um francês

Uma derrocada na Levada do Caldeirão Verde, na Madeira, terá provocado 11 feridos, de acordo com o último balanço feito na Conferência de Imprensa da Proteção Civil. 

A queda de pedras atingiu os caminhantes num momento em que estavam a descansar.

Os feridos foram assistidos no local e, posteriormente, transportados para o Hospital Central do Funchal e para o Centro de Saúde da região.

Segundo o balanço da Proteção Civil, entre as vítimas estão seis franceses, dois portugueses, dois alemãos e um brasileiro.

Sobre "Notícias"