Desempregado está a fazer caminhada a pé para Santiago de Compostela

Em 2 meses atravessou o país pelo interior, recebeu alimentos, apoio e até uma oferta de emprego. Esta semana chegou ao Minho, onde recebeu a ajuda dos bombeiros de Cabeceiras de Basto.