"Disse-me que as mulheres do Barreiro deviam morrer"

Vítima de homem diagnosticado com esquizofrenia, que agride jovens mulheres no Barreiro há mais de 15 anos, conta ao SOS24 como tudo aconteceu