“Doentes do lar de Reguengos foram transferidos para um pavilhão de campanha e não um hospital”

 

Alexandre Valentim Loureiro, presidente do Conselho do Sul da Ordem dos Médicos relatou esta segunda-feira, em relação à situação vivida após o surto em um lar de Reguengos de Monsaraz, que médicos no terreno testemunharam situações que não eram normais na assistência dos doentes. Loureiro acrescentou que existiram doentes que foram transferidos para um pavilhão dito hospital de campanha.

Sobre "Notícias"