Drama e tragédia: recorde o caso de Valentina, a menina morta às mãos do pai

Nos últimos dois anos, em Portugal, o desaparecimento de duas crianças, valentina e Noah, captou a atenção do país.

No caso de Valentina tudo começou em maio de 2020. O pai da menina deu conta do desaparecimento a dia 7, e a partir daí começaram as operações de busca. Se por um lado a operação no terreno chegou a juntar 600 elementos da GNR, mais uns quantos bombeiros e agentes da proteção civil, por outro, nas redes sociais foram milhares as partilhas e apelos.

O desfecho do caso é o que Portugal conhece: o pai de Valentina confessou ter matado a própria filha e escondido o corpo.

Final bem diferente teve a aventura de Noah, que veio provar que nem todas as histórias acabam em tragédia. O menino de apenas dois anos e meio esteve mais de 40 horas desaparecido em Proença-a-Velha e no fim desse período foi encontrado com vida e apenas com ferimentos ligeiros.

Sobre "Jornal das 8"