E-Toupeira, um dos processos mais mediáticos da Justiça portuguesa

Em causa está o nome do Benfica e um dos elementos mais próximos de Luís Filipe Vieira, Paulo Gonçalves, que deixou de exercer funções no clube. Em outubro, em entrevista à TVI, o presidente do Benfica garantiu que o clube estava inocente e garantiu demitir-se caso algum dia fosse condenado em algum processo.