Este ano, a PJ já investigou mais de 2.200 casos de abuso sexual de menores

Os agressores são normalmente familiares, amigos ou educadores. As raparigas representam a esmagadora maioria das vítimas.

Sobre "Jornal da Uma"