Este homem tornou-se Doutor aos 85 anos

Brasilino Godinho defendeu esta quarta-feira a tese de doutoramento, na Universidade de Aveiro. Depois de receber a "aprovação por unanimidade", não hesitou em esconder a alegria: “É um dia muito feliz para mim. É um dia muito marcante na minha vida."