Eutanásia: Cavaco Silva diz que "legalização é a decisão mais grave que o Parlamento pode tomar"

O ex-Presidente da República Cavaco Silva manifestou-se, nesta quarta-feira, contra a despenalização da eutanásia, considerando que é “um grave erro moral”, e defendeu a realização de um referendo.

O tema foi discutido esta quarta-feira, brevemente, na Assembleia da República, com o CDS e o PCP juntos contra a despenalização da morte assistida. 

Sobre "Jornal das 8"