Ex-governantes suspeitos de lesar o Estado em mais de 14 mil euros

Segundo o Ministério Público, Conde Rodrigues e José Magalhães utilizaram cartões de crédito atribuídos para fins publicos em benefício próprio. Os dois políticos terão comprado livros e revistas que não se enquadravam no âmbito das suas funções, tendo lesado o Estado em mais de 14 mil euros