A Administração Regional do Algarve denunciou chamadas fraudulentas que alguns utentes estão a receber em nome de uma entidade no âmbito do programa de rastreio do cancro da mama. Durante as chamadas, chegam mesmo a pedir aos utentes que sejam enviadas fotografias íntimas.