Faltam oficiais de justiça em Soure. O tribunal necessita de triplicar o número de funcionários

O tribunal de Soure necessita do triplo de oficiais judiciais para responder às necessidade da área de execuções. Por esta altura, são apenas quatro os funcionários judiciais que trabalham nessa secção. António Marcal, do Sindicato Funcionários Judiciais, alega que a "especialização é uma falácia que o Governo continua a fazer", já a ministra da Justiça tem uma opinião diferente