Fonte próxima de Isabel dos Santos reage e diz que "mandado de captura não se justifica"

Isabel dos Santos reagiu às declarações do procurador-geral da República de Angola. Fonte oficial da empresária considera que "não se justifica" um mandado de captura internacional.

A mesma fonte, em nome da filha do antigo presidente de Angola, afirma que Isabel dos Santos "nunca foi notificadam nem constituída arguida", classificando estas notícias como "uma manobra de diversão".

Sobre "Jornal das 8"