Glaucoma aos 16 anos: "Tive de reaprender a gerir a minha vida"

Rafaela tinha apenas 16 anos quando foi diagnosticada com um glaucoma e teve de reaprender a viver com a doença. Foi seguida no Garcia de Orta mas quis ouvir opiniões de outros médicos. Pediu o relatório ao clínico que a seguia, mas teve de esperar cinco anos pelo documento.