A ideia é que 40 crianças aprendam técnicas de defesa pessoal e socorrismo